segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Se eu posso viver....

Eu podia viver numa Vila que fosse elevada a Cidade dispondo de condições para tal, eu podia podia viver numa terra com excelentes instalações de saúde, eu podia viver numa Vila onde todos os monumentos estivessem abertos a quem os quisesse visitar, eu podia viver num Vila Património Mundial, eu podia viver numa Vila com todas as condições para os jovens que nela se quisessem fixar, eu podia viver numa Vila com instalações desportivas para todas as modalidades, eu podia viver numa Vila com uma baixa taxa de desemprego, eu podia viver numa Vila igual como há 12 anos atrás, eu podia viver numa Vila que tratasse bem a memória das suas personalidades, eu podia viver numa Vila com uma biblioteca municipal, eu podia viver numa Vila com um pólo ou mesmo uma instituição de ensino superior, eu podia viver numa Vila que tivesse o turismo desenvolvido, mais unidades hoteleiras e um parque de campismo, eu podia viver numa Vila em que o Posto de Turismo tivesse de facto condições para acolher os turistas, eu podia viver numa Vila em que a autarquia tivesse relações minimamente cordiais com as autarquias vizinhas.........

Se eu posso viver com Manuel Condenado mais quatro anos na presidência da Câmara Municipal de Vila Viçosa?!?! Poder posso.... mas não será a mesma coisa!!!

13 comentários:

Anónimo disse...

Este depoimento reflecte bem a estagnação a que a nossa terra chegou, por inércia dos políticos que nos governam... É pena que o eleitorado calipolense não tenha o discernimento suficiente para alterar a situação politica do concelho... Continua a exercer o direito de voto de acordo com a simpatia ou a capacidade de comunicação dos candidatos! Os projectos e as ideias ficam num segundo plano... Temos a oportunidade de alterar este ciclo que foi dramático para Vila Viçosa e temos a responsabilidade de contribuir para o futuro da nossa Callipole... É preciso que haja esclarecimento sobre as propostas das diferentes forças políticas para que as escolhas certas possam ser feitas!

Anónimo disse...

Caro Nuno:

Tem um pouco de respeito pela vontade das populações...

Não fiques nervoso!

Se estás assim tão mal, das duas uma, forma uma lista e candidate-te à Câmara Municipal de Vila Viçosa, vence e tenta mudar as coisas, ou então vai para Borba.

O que achas?

Cordiais cumprimentos.

Nuno Faritas Lobo disse...

Caro anónimo,

Eu não estou nervoso ou achas mesmo que sim? Aliás eu estou calmissimo porque estou de consciência tranquila e tu estarás?

Aliás eu respeito a vontade da população, não sou é forçado a concordar com a mesma, daí vivermos num país (supostamente) democrático.

É pena ao referires Borba, inconscientemente fazeres menção de que Borba actualmente está melhor que Vila Viçosa. Olha para o que Vila Viçosa é e para o que foi e imagina o que poderia ser com uma outra gestão e diz-me as diferenças, que me dizes?

Melhores cumprimentos.

Anónimo disse...

Simplesmente genial!!!

Anónimo disse...

Caro Nuno:

Vou-te responder "à letra".

Sim, sei o que Vila Viçosa era!

Era uma Vila cheia de lixo, lama, com espaços urbanos muito degradados, com as freguesias rurais totalmente abandonadas, com uma dívida elevadíssima por erros anteriores, etc, etc, etc....

Pelo contrário agora temos um concelho limpo, com menos lama, com espaços públicos mais qualificados, com uma situação financeira equilibrada, sem dívidas, etc, etc, etc...

Agora que a situação financeira está equilibrada é tempo de construir alguns equipamentos, como por exemplo a biblioteca, gimnodesportivo, etc...

Veja-se o caso do Alandroal (PS), betão, betão e betão, claro que o resultado é um concelho insustentável à beira da catástrofe financeira (vejam as declarações do prof.Grilo), degradadíssimo a nível urbano e social.

Relativamente ao centro de saúde estamos à espera que os Cow Boys do PS cumpram o que dizem!

Fui claro?

Em síntese: temos um concelho sustentável...sabes o que é isso!?

Cumprimentos e calminha que já falta pouco.

P.S. - Mais uma vez pergunto: Acham que os Calipolenses são parvos ou estupidos? Digam lá!

Nuno Faritas Lobo disse...

Caríssimo,

Há quanto tempo não vais ao Castelo de Vila Viçosa? Experimenta a percorrer as suas muralhas e verás o oposto da limpeza que tanto apreguas! Também achas que a casa onde nasceu Florbela Espanca e a casa ao lado, que a Igreja da Lapa, um casa que faz esquina na Rua da Torre com a Rua de Santo António mesmo à frente do portão do antigo Quartel dos Bombeiros isto para não tantas outras situações estão em condições higiénicas ou de apresentação?!?!

Relativa ao Centro de Saúde essa história é antiga e a culpa é do PS ou do PSD em conformidade de quem esteja no Governo. Só é pena a CDU não ter tido culpa na decada de 1980 e continuar não a ter desde 1997. Como me explicas que concelhos com cores políticas da cor governamental façam avançar os seu concelhos para a frente e Vila Viçosa não ser capaz?

Em relação à Câmara Municipal de Vila Viçosa não estar endividada tenho dúvidas... Mas sérias dúvidas de que não esteja endividada à semelhança de qualquer Câmara Municipal...

Já agora para quando a concretização da candidatura de Vila Viçosa a Património da Humanidade classificado pela UNESCO?!?! A culpa também é do PS??? Ou do PSD????

Um concelho sustentável? O de Vila Viçosa? Só não rio à gargalhada porque o assunto é serio....

A tua pergunta post scriptum fica para resposta de quem visite a Tasca Real!

Melhores cumprimentos!

Anónimo disse...

Caro Nuno, vou recordar-te o que tu próprio escreveste à escassos mesas atrás:

“Representantes do povo ou dos boys?!?!?! – (…)! Nada me move contra Borba repito, mas a dúvida que me assola é o porquê dos deputados Bravo Nico e Paula Nobre de Deus não fazerem o mesmo por Vila Viçosa que é somente a maior e mais desenvolvida Vila do Distrito de Évora?!?!?! Sim meus caros, do distrito que V/Exas. supostamente representam!!!!(…)”

Isso é para começar!

O teu comentário está repleto de falsidades e falta de informação.

Pelo que afirmas sabes muito pouco de Vila Viçosa e do funcionamento das instituições.

A casa de bragança, dominada pelo PSD, é que tem a culpa do estado em que se encontra o castelo e sua envolvente. Estado esse lamentável.

O centro se saúde só não é uma realidade devido ao PS limintada que promete e não cumpre quase nada. Todos sabem isso menos tu!

A Câmara de Vila Viçosa tem as contas em dia, informa-te rapaz!

Bem, acho que não vale a pena este diálogo desigual, vejo que estás mal informado e desactualizado, enfim é o que há....

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Só mais uma coisa:

Fizeste-me a seguinte pergunta - "Como me explicas que concelhos com cores políticas da cor governamental façam avançar os seu concelhos para a frente e Vila Viçosa não ser capaz?"

É preciso responder ou queres um desenho?

Anónimo disse...

Uma pergunta pró esperto das,
29 de Setembro de 2009 22:55

Já que estás tão bem informado sobre as obras que se fizeram em V.V., podes dizer aqui aos leitores porque é que não existem terrenos disponíveis para venda que não sejam dos Espanhóis? Isto porque o preço por eles praticado é demasiado alto para quem quer começar a sua independência.

Será que existem alguns interesses?

Porque é que a câmara não fez habitação a custos controlados?
Obrigado

Anónimo disse...

A Praça da República de Vila Viçosa parece uma mini-festa do Avante... Como se nós não conhecessemos os candidatos da CDU bem demais! Havia necessidade de forrar as laranjeiras com tantos cartazes?? O dinheiro de todos nós gasto com insignificâncias... É este o caminho que os camaradas querem seguir para o desenvolvimento???? O Condenado e o seu séquito estão de tal forma agarrados ao poder e aos privilégios que utilizam todos os meios para atingir os fins... Isto só revela desorientação e medo...

Nuno Faritas Lobo disse...

Caríssimo podes começar por me fazer um desenho que eu facilmente te demonstro concelhos com cores políticas diferentes da cor do Governo que se conseguem desenvolver...

Depois isto de facto é um "debate" desigual... Tu não me viste aqui escrever que PS ou PSD não tinham culpas no caso do centro de saúde, viste-me foi perguntar se a culpa era sempre do PS ou do PSD dependendo de quem estivesse no Governo.

E já viste o azar que é para a CDU ser o PSD a controlar a Fundação da Casa de Bragança, chiça como é que a CDU de Vila Viçosa não é capaz de se relacionar com outras cores políticas?!?!?! E pertecendo o Castelo de Vila Viçosa à Fundação da Casa de Bragança e não me dás novidade nenhuma, então porque é o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa se vangloreia do que fez no Castelo, como torná-lo mais limpo, colocar calçadas e mais umas árvores etc, etc, etc...????

Quanto às contas porque é que a Câmara Municipal de Vila Viçosa não as afixa para toda a população ver? A Câmara Municipal de Vila Viçosa já pagou o relvado do Campo João Figueiredo em Vila Viçosa por exemplo?????? Sabes que na última lista das Câmaras Municipais menos endividadas do país a de Vila Viçosa nem lá constou e que a Câmara Municipal de Redondo é a segunda menos endividada do país e que este ano inaugurou uma arena e que já arrancou com o novo Centro de Saúde? E que tem o melhor e mais activo Centro Cultural do distrito? E sabias que agora o executivo camarário redondense é independente, mas antes era CDU e deixou de o ser para o Município de Redondo entrar nas Águas do Centro Alentejo afim de resolver os problemas do abastecimento de água e que para tal abandonaram a CDU porque a CDU não deixava??? Pois o Redondo teve os problemas de abastecimento de água resolvidos e Vila Viçosa está como tá!

Precisas de um desenho???

Saudações!

Tiago disse...

Resposta ao anónimo de 29 de Setembro de 2009 23:21

Em meu nome pessoal, venho manifestar o total desacordo com as opiniões que proferiu em relação à Fundação da Casa de Bragança, e salientar que nesta instituição, não existe qualquer tipo de influência ou pressão no que se refere a escolhas partidárias. Trabalham aqui pessoas dos mais variados quadrantes políticos, o que é representativo do espírito democrático que aqui se vive.
Nunca fui confrontado com nenhum tipo de recomendação para integrar o partido “A” ou o partido “B” e as minhas escolhas a esse nível sempre foram pessoais.
Existe uma clara separação entre o plano profissional e o plano político e considero, nesse sentido, que as suas declarações revelam ignorância ou tentativa de aproveitamento político.
Também reconheço que noutros organismos a situação é bastante distinta, porque infelizmente hoje no nosso país, as pessoas são avaliadas pela sua filiação partidária e não pelo seu perfil profissional.
Não me parece que seja correcto do ponto de vista ético incluir a Fundação da Casa de Bragança nestas disputas partidárias, porque creio que ninguém beneficia com esse facto.

Devo recordar que a Fundação da Casa de Bragança tutela um património arquitectónico e museológico muito significativo e tem sido a gestão cuidada desse legado que tem permitido a possibilidade de usufruto dessa herança por parte dos habitantes de Vila Viçosa e de todos os turistas que nos visitam. Esta era, aliás, a essência da disposição testamentária do Rei D. Manuel II, monarca a quem se deve a criação desta instituição.
Recordo que essa missão implica gastos financeiros muito elevados, mas só assim se pode implementar uma estratégia de conservação e preservação da memória histórica.

Se eventualmente não sabe, nos últimos anos tiveram lugar várias intervenções que permitiram a salvaguarda de imóveis importantes no contexto urbano calipolense, nomeadamente a recuperação da Igreja dos Agostinhos, o restauro de pinturas murais na Ermida de Santo Eustáquio, na Tapada Real e em várias salas do Andar Nobre do Paço Ducal, foi efectuada uma recuperação de espaços no Paço do Bispo, verificou-se um reordenamento dos jardins do Paço e realizada uma acção de consolidação na Fortaleza Artilheira, só para lhe dar alguns exemplos.
Neste momento, está a ser feita a remoção de detritos da fachada do Paço Ducal, empreitada que estará concluída no início do próximo ano, e encontra-se também em fase de obra a recuperação dos telhados das Salas de Música do antigo Colégio dos Reis Magos, no Paço Ducal.





Por outro lado, embora este trabalho não tenha visibilidade exterior, procede-se desde 2006, à inventariação informática das colecções (muito significativas) do Museu da Casa de Bragança.

A Biblioteca do Paço Ducal é a única que se encontra em funcionamento no concelho de Vila Viçosa, o que possibilita que muitos investigadores se desloquem à nossa terra para efectuarem as suas pesquisas.

Também devo recordar que esta instituição é a única no concelho que promove uma agenda cultural planeada e periodicamente prevista, que inclui exposições temporárias (em 2009, está patente uma exposição com desenhos e gravuras da Rainha D. Amélia de Orleães e Bragança), visitas temáticas com reputados especialistas a diversos espaços e colecções do Museu e recitais de música clássica, com conceituados músicos do panorama artístico nacional e internacional, eventos esses que contam com uma afluência cada vez maior de público local e regional.

Lamento que, através do anonimato, algumas pessoas tentem difundir mensagens que não correspondem minimamente à realidade dos factos…

Apareça, que eu terei todo o gosto em discutir consigo sobre estes assuntos…

Com os melhores cumprimentos

Tiago Salgueiro

Nuno Faritas Lobo disse...

Tiago, obrigado pelo teu esclarecimento, penso que ficamos todos a saber algo mais!

Um abraço!